Com sintomas de embriaguez, homem é preso após confundir posto da PM com estacionamento

Motorista teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e ainda terá que pagar multa

1
1612
Continua depois da publicidade

Um homem foi preso na noite deste domingo por dirigir com sintomas de embriaguez após tentar estacionar no carro em um posto de registro de ocorrências do Batalhão de Trânsito no centro de BH. O homem, que não teve a identidade revelada, de 41 anos, chegou dirigindo um Doblô e parou na cancela de acesso à unidade da PM, na Avenida Olegário Maciel, no Centro, e tentou entrar acreditando que, no local, ele poderia parar o veículo. O motorista acabou sendo autuado por dirigir bêbado.

Continua depois da publicidade

“Ao chegar na cancela ele chamou pedindo para abrir, pensando que poderia estacionar. Ao ir ao local o um dos policiais percebeu que ele estava com sintomas de embriaguez, e ele confirmou que bebeu”, afirmou o sargento Paulo Marcelo, do Batalhão de Trânsito. O homem se recusou a soprar o bafômetro.

O homem acabou sendo conduzido para o Detran, onde será registrada a ocorrência. Ele ainda teve que chamar outro motorista habilitado para dirigir o carro, que ficou estacionado em frente a unidade da PM.

O local onde funciona o posto da PM, na esquina da Avenida Olegário Maciel com Rua Goitacazes, fica praticamente em frente ao Mercado Novo e é vizinho de uma série de estacionamentos particulares.

Ainda sobre a ocorrência, o homem foi preso e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida. Para não permanecer detido ele terá que pagar multa.

Continua depois da publicidade

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
1 Autores de comentários
Leitor Autores recentes de comentários
Novos Antigos Populares
Leitor
Visitante
Leitor

Pelas nome das ruas vejo que não é em João Pinheiro, mas vamos aí parar de dar um Ctrl + C e Ctrl + V em noticias de outras cidades postar aqui sem identificar a mesma. Apenas um comentário construtivo, mas sejamos mais profissionais com um meio de comunicação.