Criança pula do primeiro andar para não ser estuprada pelo pai em Fortaleza

Ela fugiu de uma tentativa de estupro pelo próprio pai, que já tem passagens pela Polícia por violência doméstica, roubo e furto

2
1336
Foto - Secretaria de Saúde do Ceará/Divulgação

Uma criança de 10 anos pulou do primeiro andar de casa para fugir de uma tentativa de estupro do próprio pai, no Bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, na manhã deste domingo (8). Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada ao Instituto José Frota (IJF), onde está internada no Centro de Pediatria. O pai fugiu após o fato.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Em nota, a Secretaria de Segurança do Ceará afirmou que o suspeito tem 34 anos e possui antecedentes criminais por violência doméstica, roubo e furto. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e será transferido para a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (DCECA), que ficará responsável pelas investigações.

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, a menina passava o fim de semana com o pai. Ela contou à polícia que estava no andar superior da casa quando o homem tapou a boca dela e tentou estuprá-la. A filha conseguiu se desvencilhar do pai e pulou.

Após cair, ela se rastejou para pedir ajuda até a porta de um vizinho, que acionou a polícia por volta de 6h. Quando os policiais a encontraram, ela apresentava inchaço e olhos roxos, informaram os agentes.

Pai tentou conversar com filha e vizinho

O vizinho afirmou que a criança disse “pelo amor de Deus, me ajuda, papai quer me estuprar”. O pai da menina ainda foi até o vizinho tentar convencer a filha a retornar para casa.

“A única coisa que eu fiz foi mandar ela entrar, fechei o portão. Com pouco tempo o pai dela, sei lá o que ele é dela, desce. Falou nada demais, só disse que era filha dele, que ela não fizesse aquilo, que tava prejudicando ele. Eu disse ‘não, se ela tá prejudicando eu não sei, só sei que na minha casa você não entra, eu quero saber realmente o que tá acontecendo'”, relatou o vizinho.

Criança sangrava e reclamava de dores

“Ela entrou se rastejando no chão, sentou na cadeira. Só tava um pouco sangrando, um pouco machucada e com dor na perna, no pé”, acrescentou.

Ainda segundo o vizinho que socorreu a criança, a família estava morando há um mês na Granja Portugal, mas o casal se separou e a mulher saiu de casa na última semana.A mãe da criança mora atualmente no Bairro Bom Jardim e foi avisada da ocorrência pela polícia.

Funcionários do hospital afirmaram que a criança reclamava de dores na coluna e chorava bastante quando chegou à unidade. O estado de saúde dela não foi confirmado.O pai responde por três crimes de furto e três assaltos a mão armada, de acordo com a polícia.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidoras
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
2 Autores de comentários
IrônicoMãe de primeira Autores de comentários
mais novos mais antigo mais votado
Mãe de primeira
Visitante
Mãe de primeira

Graças a Deus ela foi instruída a tempo, pq ela já chegou falando que o “papai quer me estuprar” aí que triste Meu Deus, até onde vai a maldade do ser humano, violentar o ser que é um pedaço dele, abalar o piscologico da menina 😭 Oro pra que Jesus apague esse episódio da mente dela e dê uma vida bem longe desse “pai”

Irônico
Visitante
Irônico

Cadeia p ele. Lá é o lugar apropriado p quem não respeita os direitos dos outros!!