Dupla de João Pinheiro fica mais perto de carreira nacional

Dupla Léo e Tarcísio amadureceu e já pode galgar os caminhos da música nacional

0
9

A dupla sertaneja Léo e Tarcísio, oriunda de João Pinheiro, começou devagar no mundo musical há cerca de dez anos, mas já começa a ver no horizonte a possibilidade de almejar a tão sonhada carreira nacional. Em 17 de dezembro eles gravaram duas faixas com duplas de peso do mundo sertanejo: Humberto e Ronaldo e Israel e Rodolffo.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

“No dia 16 [de dezembro] a gente tinha procurado a galera do Humberto e Ronaldo e eles não iam poder participar, então ficou aquele baixo-astral. Mas no dia 17, quando eu estava almoçando, nosso empresário liga dizendo que eles tinham confirmado participação. Graças a Deus foi show de bola. Agregou um valor tremendo ao nosso trabalho”, conta orgulhoso o cantor Leonardo, acrescentando que outra parceria de peso foi a firmada com Israel e Rodolffo.

Com eles, Léo e Tarcísio apostam na música Caçador – uma das duas faixas exclusivas do disco. “Todas as nove músicas são inéditas. Não de autoria nossa, mas a gente comprou a liberação. Duas temos exclusividade, como a Caçador, porque a gente quer trabalhar ela como nosso alvo”, reiterou.

A expectativa sobre a recepção do público é muito positiva. “Agora é esperar para ver a reação do povo. João Pinheiro é um berço. Para nós é nossa casa e onde a gente for vai levar o nome da cidade”, diz Léo, que é bastante conhecido nas cidades mineiras de Unaí, Lagoa Grande, Brasilândia, entre muitas outras.

Um pouco da história

Leonardo começou a trabalhar sozinho em 2005, quando gravou seu primeiro disco. Depois disso começou a investir, tocando em barzinhos, festas de aniversário e casamentos – época em que Tarcísio começou a tocar com ele e sugeriu formarem uma dupla.

Logo depois, eles conheceram o empresário de Goiânia Emerson Alencar. “Passou um ano e a gente já tinha contrato assinado com ele, há dez anos, quando gravamos o primeiro CD. E ali começou o sonho de ser profissional mesmo”, relembra.

Três anos depois, gravaram com Zé Ricardo e Thiago e passaram a buscar mais profissionalismo, que se reflete agora nesta nova etapa da carreira dos músicos.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

avatar