Enxaqueca: conheça as causas, sintomas e tratamento  

Saiba mais sobre esse incômodo problema que afeta homens e mulheres

0
233
Continua depois da publicidade

A enxaqueca é um dos tipos mais conhecidos de dor de cabeça. E um dos mais incômodos. Ela se caracteriza por uma dor pulsante em um dos lados da cabeça, às vezes nos dois, e geralmente é acompanhada por fotofobia (aversão à luz pela dor que provoca) e fonofobia (irritação com qualquer barulho), além de náusea e vômito. A duração da crise de enxaqueca costuma durar de quatro a 72 horas, mas pode ser mais curta nas crianças.

Continua depois da publicidade

Informações do Ministério da Saúde dão conta que em torno de 5% a 25% das mulheres e de 2% a 10% dos homens possuem enxaqueca, que costuma atingir mais pessoas entre os 25 e 45 anos. A enxaqueca pode ser episódica ou crônica. A enxaqueca crônica é identificada quando a dor de cabeça ocorre em 15 ou mais dias dentro de um mês.

Causas e sintomas da enxaqueca

As causas da enxaqueca são desconhecidas. No entanto, sabe-se que elas estão relacionadas com alterações no cérebro e também podem possuir influência genética. Normalmente a enxaqueca surge a partir de algum gatilho externo que provoca o incômodo e que pode variar para cada pessoa. Os gatilhos (ou fatores desencadeantes) mais comuns de enxaqueca são:

  • Consumo de determinados alimentos e bebidas (queijos amarelos, frutas cítricas, carnes processadas, frituras e gorduras em excesso, chocolates, cafés, chás, refrigerantes à base de cola, aspartame, glutamato monossódico, álcool em excesso);
  • Dormir mais ou menos do que o de costume;
  • Estresse;
  • Esforço físico;
  • Jejum prolongado;
  • Luzes e sons em grande intensidade;
  • Menstruação;
  • Mudanças bruscas de temperatura e umidade;
  • Odores muito fortes, como os de perfumes;
  • Uso abusivo de medicamentos, inclusive analgésicos.

Os sintomas da enxaqueca são:

  • Dor de cabeça pulsátil que pode durar de quatro a 72 horas;
  • Bocejos;
  • Cansaço;
  • Dificuldade para falar e se concentrar;
  • Irritabilidade;
  • Mudanças de apetite;
  • Náusea;
  • Sensibilidade à luz, ao som e ao ambiente;
  • Tontura;
  • Vômitos.

Tratamento da enxaqueca

O tratamento da enxaqueca vai depender do diagnóstico realizado pelo médico, que vai buscar identificar qual o fator desencadeante (gatilho) que é responsável pelo surgimento dessa dor de cabeça tão incômoda.

Em geral é recomendado algum tipo de medicamento, acompanhado da sugestão para se evitar o elemento que ajuda a desencadear a dor de cabeça. Por exemplo, evitar consumir chocolate, café, chás, ou ficar muito tempo sem comer etc.

E se você precisar de algum remédio para acabar com sua dor de cabeça, procure a Farmácia Pinheirense 2, que possui os melhores produtos! E com um preço bastante em conta! Faça uma visita, nossos atendentes estão à disposição para lhe ajudar. Farmácia Pinheirense 2 Rua Capitão Speridião, 616 – (38) 3561- 1195 ou (38) 9.9814-0307.

Continua depois da publicidade

Deixe um comentário

avatar