Ex-oficial de cartório de Cana Brava envolvido em irregularidades é acusado de golpe

Suposta vítima cobra devolução de 850 reais pelo registro de uma gleba que não foi realizado

3
1557
Continua depois da publicidade

O ex-oficial do cartório de Cana Brava, denunciado por irregularidades que teriam comprometido o funcionamento do cartório, levando à condenação em primeira instância por improbidade administrativa, foi acusado por um morador pinheirense de ter aplicado um novo golpe.

Continua depois da publicidade

Segundo a Polícia Militar, Salvador Simões Pacheco compareceu ao quartel da PM relatando que há um ano e meio contratou o então cartório do tabelião Jackson Expedito para registrar uma gleba de terra e pagou 850 reais pelo serviço.

O problema é que, de acordo com o relato da suposta vítima, ela procurou Jackson várias vezes cobrando o serviço, sem obter resposta. Após um período, Salvador descobriu que o cartório foi fechado. Então, ele procurou novamente Jackson para obter a documentação e também o dinheiro de volta, mas sem sucesso. O caso foi registrado para serem tomadas as devidas providências.

Continua depois da publicidade

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
3 Autores de comentários
#Cadêminhaescritura?AdrianaAdriana Autores recentes de comentários
Novos Antigos Populares
Adriana
Visitante
Adriana

Meu registro também sumiu lá no cartório de cana Brava

Adriana
Visitante
Adriana

Adriana Rodrigues

#Cadêminhaescritura?
Visitante
#Cadêminhaescritura?

Minha mãe pagou 800,00 reais pela escritura da casa. Ela procurou a prefeitura para pagar saber do IPTU. E descobriu que a casa continua no nome do antigo proprietário. Garanto que minha mãe é só mais uma da fila.