Continua depois da publicidade

Uma campanha está sendo realizada no Hemonúcleo de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, para reforçar o estoque de sangue na unidade, que abastece 27 hospitais da região.

Continua depois da publicidade

De acordo com o Hemonúcleo, o número de voluntários diminuiu e em períodos frios as doações tendem a ser menores. Os tipos de sangue O- e O+ são os que apresentam maior demanda de bolsas. O núcleo de Patos de Minas atende cidades como Lagoa Formosa, Carmo do Paranaíba, Rio Paranaíba, São Gotardo, Vazante, Paracatu, Buritis, João Pinheiro, Serra do Salitre e Unaí.

A gerente do Hemonúcleo, Cássia Rodrigues Bontempo, afirmou que além do serviço de coleta de sangue a unidade ainda realiza os serviços de atendimento ambulatoriais de anemia falciforme, hemofilia e sangria.

O agendamento de doações pode ser realizado pelo Disk 155, opção 1, e informações sobre anemia falciforme também podem ser obtidas pelo mesmo telefone. O horário de coleta é das 7h às 10h, de segunda a sexta-feira.

Para doar é preciso estar em boas condições de saúde, levar documento oficial de identidade com foto, ter idade entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais), pesar 50 quilos ou mais, não estar em jejum, ter dormido pelo menos seis horas antes da doação, além de não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação.

Continua depois da publicidade

Deixe um comentário

1 Comentário em "Hemonúcleo faz campanha para abastecer estoque de sangue em Patos de Minas"

avatar
Novos Antigos Populares
Dino da Silva Sauro
Visitante

Se um bandido que foi assaltar uma casa, ao adentrar nesta casa trocar tiros com o pai de familia e for atingido, ao ser socorrido, esse bandido pode receber o sangue que eu doei para o emocentro ? Pense nisso !