Homem atira com arma de pressão e mata cadela de vizinha no Norte de Minas

O suspeita atirou por causa de desentendimentos com as vítimas

0
Cadela tinha tido cinco filhotes recentemente e um deles morava com o suspeito / Foto: Arquivo Pessoal

Um idoso de 67 anos foi detido suspeito de atirar e matar uma cachorra em Capitão Enéas, no Norte de Minas Gerais, na última quarta-feira (27). De acordo com a Polícia Militar, o suspeito é vizinho da dona do animal e atirou por causa de desentendimentos com as vítimas.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

A dona  da cadela Pipoca contou que a pinscher estava em um lote vago entre as casas do suspeito e da vítima, quando o vizinho deu um tiro de pressão na cachorra que foi ferida na barriga. A mulher disse que viu o homem atirar e a cachorra ir gritando para a casa dela já ferida. Ela foi socorrida, mas não resistiu e morreu horas depois.

O suspeito foi abordado pelos policiais e disse que realmente possui uma arma de chumbinho, mas que não foi ele quem atirou na cadela. No entanto, ele foi levado a Delegacia de Polícia Civil onde foi ouvido e liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

avatar