Jovem de 22 anos é morto por engano na porta de igreja após culto em BH

0

Um jovem de 22 anos foi morto por engano após um culto em uma igreja evangélica do bairro Céu Azul, região de Venda Nova, em Belo Horizonte, na noite desse domingo (3). De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o autor é Divaldo Rocha da Silva, 42 anos. Ele é pai de uma jovem e o alvo seria o namorado da filha. Nenhum dos dois frequenta o templo.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Um representante da igreja, que pediu para não ser identificado, disse à reportagem da Itatiaia que após o culto, entre 30 e 40 fiéis ficaram reunidos na porta do templo. Nesse momento, Divaldo atravessou a rua, foi na direção de Lucas de Souza Andrade e atirou nas costas dele. Os pais e os dois irmãos do jovem presenciaram o crime. Ele chegou a ser foi socorrido, mas morreu na UPA Justinópolis.

Populares seguraram o autor, a arma caiu e houve um disparou acidental que atingiu, de raspão, a perna de Ludmilla Rodrigues Alves Santos, de 34 anos. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Risoleta Neves.

“Pelo que ele (Divaldo) disse aos policiais no momento que foi preso, ele ficou sabendo que o namorado da filha congregava em uma igreja na região, mas aqui são várias igrejas”, disse o representante, que garante não conhecer o autor, a filha ou o suposto namorado.

“O Lucas fazia parte do grupo de louvor. É um menino que praticamente nunca namorou. Estava namorando uma moça da igreja, para casar”, acrescentou.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

avatar