Moradores do bairro Aeroporto sofrem com falta de energia, tratamento de esgoto e asfalto

Pinheirenses reclamam melhorias para conseguirem ter uma vida digna em suas residências

----------------
----------------

Os moradores da rua Arnaldo Batista Franco, no bairro Aeroporto, vivem em condições sub-humanas há mais de 10 anos. Não há asfalto, nem iluminação pública e menos ainda rede de esgoto. As fosses ficam abertas, proliferando ratos, baratas e muriçocas, além do perigo de alguma criança cair dentro desses locais. As promessas vêm e vão durante as várias eleições do período, mas a solução parece não chegar nunca para esses pinheirenses.

À noite na rua do bairro Aeroporto tudo fica às escuras. Sem iluminação, o medo de assalto cresce e ninguém sai de casa. “Quando um está dormindo o outro tem que ficar acordado, porque não dá”, conta o morador Geraldo lemos da Fonseca, que tem até o padrão de energia instalado em casa, mas a ligação nunca veio nos quatro anos em que reside na casa construída com tanto esforço.

Outra grande preocupação dos moradores é quanto à falta de tratamento de esgoto. As fossas abertas são um perigo para as crianças que brincam na rua o dia inteiro, sem falar nos outros incômodos. “O mau cheiro aqui é insuportável. Você não faz ideia da quantidade de rato que tem em casa por causa desse esgoto a céu aberto, além de muriçoca e baratas demais. Nós queremos viver de forma digna, porque a gente paga todas as contas em dia e rede de esgoto a céu aberto”, reclama Natália Souza.

----------------
----------------

“Acho uma pouca vergonha, somos tratado como animais. Falta de respeito com a gente. Não temos rede de esgoto, nem energia. E fica escorrendo água o dia inteiro das fossas. Não dá nem para comer”, complementa Hellen Castro.

O JP Agora procurou a Prefeitura de João Pinheiro, que informou que a questão do asfalto será resolvida. Sobre a captação e tratamento de esgoto, é de responsabilidade da COPASA, que alegou desconhecer tal rua, alegando que ela não está cadastrada em seu sistema. No caso da luz, a responsabilidade é da CEMIG, que não quis se pronunciar sobre o assunto.

 

----------------
----------------

1 comentário

  1. joão pinheiro ……………a cidade facil de ser amada………………………..kkkkk………………….obrigado Edinho por ser nosso prefeito …………………………se é 10…………………..com você na prefeitura ……………podemos chegar em primeiro lugar ………………………..como o município mais mau administrado de minas gerais……………………..

Deixe uma resposta