Homem mata filho de 6 meses com um tiro no peito, após mulher recusar sexo, em GO

Criança estava chorando no berço quando foi alvejada com um tiro no peito

6
6552
Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Um homem matou o próprio filho, um bebê de 6 meses, na madrugada desta quarta-feira, com um tiro no peito, no município de Luziânia, em Goiás, por ter se irritado com a recusa da mulher para fazer sexo com ele. Maycon Salustiano, de 25 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. A criança chegou a ser levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos.

À polícia, Maycon afirmou que tinha intenção de transar com a mulher, mas ela não quis. Ao ser contrariado, ele foi para outro cômodo e pegou uma garrucha calibre 22 e ameaçou atirar no bebê, que estava no berço no quarto do casal. De acordo com a delegada Caroline Matos, responsável pelo caso, Maycon perguntou se a mãe da criança duvidava de que ele seria capaz de disparar. Ela pediu para o marido manter a calma, mas não adiantou. Após dar seu depoimento, a mulher foi liberada.

— Os pais do Michael contaram ter ingerido drogas e bebidas alcoólicas antes de dormir. A mãe do bebê disse que seu marido acordou e falou nada com nada, tentou manter relação sexual com ela, e ela negou. Os dois começaram a discutir, quando o homem pegou uma arma, uma garrucha calibre 22, e voltou para o quarto. Primeiro apontou para a mulher, que pediu para ele manter calma, e depois apontou para criança, que estava no berço. O Maycon teria ficado indagando a Jennifer se ela duvidava do que ele faria — disse Matos.

A Polícia Militar foi acionada por uma vizinha por volta de 1h30 desta quarta-feira, que afirmou ter ouvido gritos de uma mulher pedindo socorro. No entanto, a mãe do bebê disse que não se lembra de ter gritado. Para a delegada, isso pode significar que ela tenha ficado em estado de choque. O bebê deu entrada na UPA cerca de 2h depois, mas ainda não se sabe ao certo o horário do disparo.

— A gente não sabe dizer o tempo que levou do disparo até a criança ser socorrida. A entrada na UPA foi por volta das 3h30. A mãe alega que depois do disparo teve um apagão, não sabe dizer se desmaiou ou dormiu, nem por quanto tempo. Quando acordou, correu para a UPA, mas o bebê já estava em óbito — afirmou a delegada, acrescentando que não foram encontrados antecedentes criminais contra o pai da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, Maycon foi autuado em flagrante por homicídio, mas pode ainda ser também indiciado por ter ameaçado a mulher.

Continua depois da publicidade

6
Deixe um comentário

avatar
2 Comentar tópicos
4 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
6 Autores de comentários
silviaAbençoadaPE DE CANAprecisamos de pessoas melhoresPrecisamos de pessoas melhores Autores recentes de comentários
Novos Antigos Populares
PE DE CANA
Visitante
PE DE CANA

manda ele pra Maria do Rosário , criar ……………….um cara desse se fez isso com seu próprio filho …….e com o filho dos outros ………….tem é que exterminar uma merda dessa ta´roubando oxigênio na terra……………….um cara desse que se diz pai …….tinha que se picado todo dia até morrer na minguá………………….

silvia
Visitante
silvia

Mudam o título da reportagem ;porque não tem nada a haver com a descrição do ocorrido…

Precisamos de pessoas melhores
Visitante
Precisamos de pessoas melhores

Que inveja, essa é daquelas que não gosta que as pessoas cresçam. Dona Silvia seca pimenteira.

silvia
Visitante
silvia

Kkkkkkkkkkk sou invejosa porque? ?quando le a reportagem pela manhã ,o que estava escrito em momento nenhum falava que o homem tentou transar com a mulher a força, só falava que a criança chorava muito e o cara de irritou e deu o tiro na criança, foi por isso que dei minha opinião falando pra mudar o título kkkkkkk outra coisa engraçado que agora ja fala sobre o cara ter matado a criança porque queria transar com a mulher a força.tem mais um detalhe sei minha opinião pela manhã ou seja tem mais de quatro horas certo. ..Me poupe inveja… Ler mais »

precisamos de pessoas melhores
Visitante
precisamos de pessoas melhores

Que inveja dona Silvia! A senhora é daquelas que não gostam de ver o crescimento das pessoas né. Dona Silvia seca pimenteira!

Abençoada
Visitante
Abençoada

Verdade!