PM prende 10 pessoas e desmantela esquema de roubo de gado em João Pinheiro

Líder do grupo é de Niquelândia (GO) e estava na cidade há 60 dias monitorando fazendas

----------------
----------------

A Polícia Militar prendeu em flagrante 10 pessoas nesta sexta-feira (10) durante uma operação que desmantelou um esquema de roubo de cabeças de gado em uma fazenda na zona rural de João Pinheiro. Um dos presos é Anderson, vulgo Léo, que é de Niquelândia (GO) e estava na cidade organizando o assalto, de acordo com a PM. Ele é acusado de ser o cabeça da operação. No entanto, Anderson nega e diz ter comprado o gado de forma legal, tendo sido ludibriado por terceiros.

De acordo com o major Kisler, há cerca 60 dias a Polícia Militar recebeu informação de que um indivíduo (Anderson) estaria na cidade tirando fotos de fazendas de gado e oferecendo a terceiros como se os gados fossem de sua propriedade. Com essa informação em mãos, o serviço de inteligência entrou em cena para monitorar os passos de Anderson em João Pinheiro.

Na última quinta-feira (9) surgiu a informação de que ele teria arrumado umas pessoas para reunir um gado em uma fazenda e levá-lo embora. Porém, ocorreu um problema com um dos caminhões, que acabou chegando muito tarde, fazendo com que a ação criminosa fosse transferida para a sexta.

----------------
----------------

A Polícia Militar continuou acompanhando tudo de perto e aguardando a consumação do crime para poder agir. Na sexta, então, 10 caminhões foram até o local, que já tinha Anderson com um outro indivíduo não identificado que conseguiu fugir reunindo o gado para o transporte, aproveitando-se do fato de que não tinha ninguém na fazenda.

“Nós aguardamos que os caminhões fossem para a fazenda e retirasse a carga para poder agir. Abordamos primeiramente três veículos que já haviam saído da fazenda e um quarto que estava atolado, mas vazio, e nesses três havia 73 cabeças de gado. No local onde o autor se encontrava para terminar embarque dos demais já tinham reunidas 230 cabeças de gado para serem embarcadas nos demais veículos. Deslocamos equipes para o local e efetuamos a prisão do cidadão que não esboçou nenhuma reação, além dos motoristas”, conta o major Kisler.

Segundo a Polícia Militar, o acusado garantiu que o gado é dele, mas não soube dizer de quem, muito menos quem é o dono da fazenda. Anderson apresentou documentação referente ao gado, que será analisada pela Polícia Civil no decorrer da investigação. “Ele diz que comprou o gado, diz que foi enganado, mas não diz de quem comprou”, diz.

Os motoristas alegaram que foram contratados para buscar o gado e levá-lo até um frigorífico em Ituiutaba. Anderson e os motoristas foram presos em flagrante e encaminhados para a delegacia de Paracatu.

----------------
----------------

10 Comentários

  1. Tenho acompanhado as matérias do JPAgora, e tenho percebido a brilhante atuação das Polícias Civil e Militar na região, nas ultimas semanas foram incontáveis prisões de todos os tipos de bandidos, devemos por isso elogiar o trabalho que vem sem feito, e também a esse veículo de comunicação pela cobertura vem que vem fazendo.

  2. parabéns todos os militares que atuou nessa mega operação que deveria ser tema nacional para reconhecer que a policia militar está em todos os lugares já mais pensados pelos individos, como aqueles do roubo ao banco, aqueles do rubo do carro em patos minas..Tem que ser noticiado pelas meios de comunicação não so do estado mais do brasil viva PMMG.parabéns

  3. Não está tendo vez p bandidagem, policia militar de João pinheiro não ta deixando passar nada, esse tático móvel, cana brava, jk, violentos de mais, que continue assim. Parabéns.

  4. Parabéns para a Policia Militar mineira. É de pessoas assim, que a população precisa.

  5. PARABENS A PM. EMBORA UM TANTO CONFUSA NO QUE DIZ RESPEITO A CULPABILIDADE. PODERIAM TER ACIONADO A PC PARA UM TRABALHO INVESTIGATIVO CONSISTENTE E SEGURO. TALVEZ A MATÉRIA NÃO CONSEGUIU MOSTRAR SEGURANÇA.

  6. Acionar a PC kkkkkkkkkkk, só pode ta é de brincadeira. Até a PC levantar o (removido) dela da cadeira la na salinha com ar condicionado ja teriam roubado não 9 mas uns 50 caminhões de gado. PC de João pinheiro só trabalha com isso aqui R$, olha o salário dos caras e vê se são compatíveis com seus bens RS.. Tem nego ae q ganha 4 mil e tem casa avaliada em meio milhão. Como isso? …Parabéns a PM, instituição íntegra, honesta, e com quem realmente podemos contar

  7. Apreensão sem provas reais e quadrilha de uma pessoa???!!!Só a inteligência da polícia mineira poderia desintegrar um grupo assim.

Deixe uma resposta