Imagem reprodução Facebook / Publicada por Claudineia Gomes da Silva - 10/05/2019

O menor de 15 anos suspeito de participar do assassinato de Tiago Alves da Silva, no bairro Contingente, em Brasilândia de Minas, no último dia 9 de maio foi preso por uma operação policial.

Aos militares, ele assumiu participação no crime e foi apreendido com as roupas utilizadas na execução. De acordo com a Polícia, as testemunhas também reconheceram o menor como um dos autores do homicídio.

Anúncio

Agora, as atenções se voltam ao outro autor do crime. Felipe Manoel Tavares dos Santos, vulgo Felipe Zé Covinha, teria sido o responsável por alvejar Tiago. A Polícia pede que a população denuncie anonimamente a localização do suspeito, que tem 19 anos de idade, ou que ele se apresente imediatamente.

Imagem cedida pela Polícia Militar

Segundo a ocorrência policial, Felipe – e não Tiago, como o JP Agora afirmou incorretamente da última vez – tem passagens pela Justiça por homicídio e furto. O erro se deu em razão de uma troca de nomes, por parte da Polícia, na ocorrência, o que já foi corrigido pelo portal.

O JP Agora também pede desculpas a familiares e amigos de Tiago que se sentiram ofendidos e reitera seu compromisso de contribuir para a elucidação do caso o mais rápido possível.

Quem souber o paradeiro do suspeito Felipe Zé Covinha pode ligar gratuitamente para o telefone 190 ou para o 181. Não é necessário se identificar.

Anuncio

4
Deixe um comentário

avatar
 
👍👎👏💪🙏✌👊☝👇👀💤❤🔥🗨🔝⭐⚖🔎🎂🍺🔨🏥🚒🚑🚓☹😲😨😁😣😡😖😕😢😶😉😤😱😟😫😍☺️😇😂😘😴😊😏😰🙈🙊🙉
4 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
4 Autores de comentários
IngridCharutoWalbersonNeide Autores recentes de comentários
novos velhos mais votados
Walberson
Visitante
Walberson

👏 👏 👏 isso ai, obrigado pela correção!

Neide
Visitante
Neide

👏 👏 parabens pela prisao 🔨

Charuto
Visitante
Charuto

Vamos denuncia pessoa lugar de vagabundo e na cadeia.

Ingrid
Visitante
Ingrid

Perder alguém dessa maneira já é muito triste e não vê justiça acontecer é pior ainda eles são de família batalhadores não merecem sofrer ainda mais