”Vai valer a pena ser corrupto no Brasil”, diz Bolsonaro sobre soltura de Lula

Presidente eleito afirma ser contra o fim da prisão em segunda instância e que ''não podemos ter um país onde o crime compensa''

0
742
Continua depois da publicidade

“Não teremos outra chance de mudar o destino do Brasil”, afirmou Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito, durante entrevista ao jornalista José Luiz Datena nesta segunda-feira (5). Questionado sobre uma possível soltura do ex-presidente Lula, preso desde abril deste ano por desdobramentos da Operação Lava-Jato, ele afirmou ser contrário a uma reinterpretação da prisão em segunda instância e que, caso isso aconteça, “vai valer a pena ser corrupto no Brasil”.

Continua depois da publicidade

Bolsonaro voltou a afirmar que, caso fosse eleito, Haddad teria assinado um indulto para o ex-presidente – coisa que o então candidato petista negou durante a campanha. “Perderam a chance do indulto”, disse o presidente eleito.

Por fim, Bolsonaro disse que está conversando com políticos eleitos e interlocutores sobre um possível retorno do PT ao poder. Ele acredita ser necessário lutar contra uma crise “moral, ética e econômica” no Brasil. “Se o meu governo der errado, o PT tem tudo para voltar e voltando não sai mais”, declarou.

Continua depois da publicidade

Deixe um comentário

avatar