Álcool em gel começa a faltar nas drogarias e farmácias de João Pinheiro

O JP Agora entrou em contato com 11 estabelecimentos e, em boa parte deles, o produto já está em falta

1

Depois que a OMS declarou o coronavírus (CODVID-19) como pandemia global, a preocupação de todos aumentou na medida em que os casos no Brasil também aumentaram. Com casos confirmados em Uberlândia e Patos de Minas, a população pinheirense começa a se preocupar com a doença. O álcool em gel, principal arma na luta contra o contágio do vírus, já começa a desaparecer das prateleiras das farmácias e drogarias de João Pinheiro.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Como o assunto é o mais comentado do momento, o JP Agora entrou em contato com 11 estabelecimentos de João Pinheiro, incluindo farmácias e drogarias, para conferir a disponibilidade do produto. Em 8 delas, todo o estoque de álcool em gel já se esgotou. Naquelas onde ainda é possível encontrá-lo, os preços variam entre R$ 4,00 (quatro reais) até R$ 16,00 (dezesseis reais), com embalagens de 52g até 420g.

O Conselho Federal de Química (CFQ) já afirmou que o álcool em gel é um importante aliado contra o contágio. Por meio de nota, o presidente da entidade José Ribamar Oliveira Filho esclarece que o álcool etílico (etanol) é um eficiente desinfetante de superfícies. “Para este propósito, o grau alcoólico recomendado é 70%, condição que propicia a desnaturação de proteínas e de estruturas lipídicas da membrana celular, e a consequente destruição do microrganismo.”

O Ministério da Saúde recomenda como medidas de prevenção ao novo coronavírus:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;
  • Não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

Outros cuidados importantes são manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

O ministério explica que não há nenhum medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus.
Segundo o Ministério da Saúde, Minas tem, até o momento, dois casos confirmados da doença, além de 117 casos suspeitos. A Secretaria de Estado da Saúde (SES), no entanto, afirma investigar 289 possíveis infecções, de acordo com o boletim divulgado na tarde dessa quinta-feira (12/3).

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidoras
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
1 Autores de comentários
gustavo Autores de comentários
mais novos mais antigo mais votado
gustavo
Visitante
gustavo

na drogaria avenida tem e so ir la na drogaria nacional tamben tem