22 C
João Pinheiro
22 C
João Pinheiro

Após homem morrer de Covid-19 em prisão de Minas Gerais, defesa pede 468 mil de indenização

Caso aconteceu em Manhumirim, onde jovem estava preso após ser pego com 10 gramas de maconha; ele deixou dois filhos de 4 e 6 anos

Mais acessadas

Vídeo mostra andarilhos praticando atos libidinosos em plena luz do dia no Mercado Municipal de João Pinheiro

Um casal de andarilhos foi flagrado praticando diversos atos libidinosos no Mercado Municipal de João Pinheiro em plena luz...

Homem cai em uma emboscada e é assassinado em Paracatu

Um homem de 25 anos foi executado na manhã de hoje na Rua Graciano Calçado, bairro Nossa Senhora de...

Motorista embriagado colide com moto e passageira de 48 anos morre em Brasilândia de Minas

Uma colisão frontal entre um carro e uma motocicleta tirou a vida de uma senhora de 48 anos no...

Após a morte de Lucas Morais de Trindade por Covid-19 em um presídio de Manhumirim, na Zona da Mata, a defesa dele entrou com um processo contra o Estado e pede R$ 468 mil de indenização. A informação foi confirmada, nesta quinta-feira (19), pelo advogado que representava o detento, Felipe de Oliveira Peixoto.

“Ele cuidava dos filhos de 4 e 6 anos. Nosso pedido é de R$ 200 mil para os dois filhos por danos morais e uma pensão de um salário mínimo até que os filhos completem 25 anos. Entramos com o processo no dia 12 de novembro”, detalhou.

Lucas foi preso em 2018, dentro de casa, com aproximadamente 10 gramas de maconha. À época dos fatos, um adolescente afirmou à polícia que tinha comprado drogas com ele. O homem, que trabalhava em um armazém de café e estava com o uniforme da empresa ao ser abordado, foi condenado por tráfico de drogas a 5 anos e 10 meses de reclusão em regime fechado.

“Ele e a mãe dos filhos não moravam mais juntos, mas as crianças são representadas no processo por ela e pela avó materna. O valor da pensão é o mesmo do salário que ele recebia quando foi preso. Ele estava preso há um ano e oito meses preventivamente, não tinha condenação definitiva”, detalhou o defensor.

Coronavírus

Lucas morreu no dia 4 de julho. Dias antes, segundo o advogado, o nome dele aparecia em uma lista de detentos contaminados pela doença.

“O Estado informou na época que a situação estava sob controle e não havia nenhum caso de gravidade. Após essa lista, não encontrei com o Lucas mais”, finalizou Peixoto. Segundo o advogado, o Estado ainda não foi notificado.

FonteO Tempo

10 COMENTÁRIOS

guest
10 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
PEDRO H
PEDRO H
11 dias atrás

E quanto aos milhares pais de família que morreram de covid, irão receber indenização também?

Capitão do exército
Capitão do exército
11 dias atrás

Brincadeira né, cara é detento sabe-se lá o crime que cometeu e a família ainda quer aproveitar da paz que vai ter para ganhar indenização. Tnc.

Anti Bolsominios
Anti Bolsominios
Resposta para  Capitão do exército
11 dias atrás

10 gramas de mato n leu a reportagem n zé

Anti Bolsominios
Anti Bolsominios
11 dias atrás

Sistema foda !

Anti Bolsominios
Anti Bolsominios
11 dias atrás

O estado tem q indenizar mesmo!

Márcia
Márcia
Resposta para  Anti Bolsominios
11 dias atrás

Tem que indenizar mesmo, tantos trabalhadores morrendo e não tem nenhum reconhecimento , se um presidiário pode o trabalhador tem 10 x mais. Só acho!

Jorge
Jorge
Resposta para  Anti Bolsominios
8 dias atrás

Porque vc nao vai la e ajuda a pagar quero ver se um bandido atacar vc ou alguem próximo a vc, depois vai ficar defendendo

Xabiu
Xabiu
11 dias atrás

Mais um pro colo do capeta, indenizar è nada.

Anti Bolsominios
Anti Bolsominios
11 dias atrás

O cara foi preso com 10 gramas de maconha absurdo,esses políticos ai com milhões!

Anti Bolsominios
Anti Bolsominios
11 dias atrás

Mais um cara q morre por nada,culpa desse sistema,se tivesse dinheiro podia tá com 100g era usuário,pobre 10g traficante ☹️

Últimas notícias

Covid-19: epidemiologia confirma mais 24 novos casos em João Pinheiro

O boletim epidemiológico do Covid-19 divulgado hoje, terça-feira (01), pela Secretaria de Saúde mostra mais um aumento significativo no...

Kabana Drinks e Pizzaria é mais um exemplo bem sucedido de parceria com o Tonolucro

Seguindo os exemplos de sucesso nas cidades da região, o aplicativo de delivery Tonolucro é o que mais cresce em João Pinheiro – MG....

Homem cai em uma emboscada e é assassinado em Paracatu

Um homem de 25 anos foi executado na manhã de hoje na Rua Graciano Calçado, bairro Nossa Senhora de Fátima em Paracatu. As informações...

Bandeira vermelha volta e conta de luz fica mais cara a partir desta terça

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reativou o sistema de bandeira tarifárias e definiu a bandeira vermelha patamar 2 para o mês de...

Dois pacotes de biscoitos são furtados de lanchonete na rodoviária de João Pinheiro

Um pequeno furto foi registrado na noite do último domingo (29) na lanchonete da rodoviária de João Pinheiro – MG. Indivíduos não identificados arrombaram...

Artigos relacionados