22.1 C
João Pinheiro
22.1 C
João Pinheiro

Atentado em Igreja de Paracatu: atirador ainda se encontra na UTI, mas respira sem ajuda de aparelhos

Hudson Aragão Guimarães matou a ex-namorada a facadas e três membros da igreja Batista Shalom a tiros

Mais acessadas

Após encher o tanque, homem sai sem pagar e deixa posto de combustíveis no prejuízo em João Pinheiro

O que era para ser um simples abastecimento acabou virando uma dor de cabeça enorme para um frentista do...

Mulher é agredida a pauladas pela própria amiga por recusar convite para beber em Paracatu

A Polícia Militar de Paracatu foi acionada para comparecer na Rua Oledina Loureiro na noite de ontem (12) para...

Empresa é condenada por juízo de João Pinheiro a pagar mais de R$ 400 mil de indenização por danos morais

A JR Transportes e Comércio Ltda. e o motorista que conduzia um caminhão da empresa terão que reparar mãe...

O responsável por matar quatro pessoas no início da noite dessa terça-feira (21) em Paracatu, Noroeste de Minas Gerais, ainda se encontra na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal. De acordo com boletim médico divulgado nesta quarta-feira (22), Hudson Aragão Guimarães se encontra clinicamente estável e respira sem ajuda de aparelhos.

Depois de assassinar a ex-namorada com golpes de canivete, Hudson invadiu a igreja Batista Shalom, situada no bairro Bela Vista, e matou outras três pessoas a tiros. Ao ouvir os disparos, uma equipe da polícia que passava disparou contra o autor, que foi atingido na altura da clavícula e também no rosto.

As vítimas são Heloísa Vieira Andrade (59 anos e ex-namorada do assassino), Rosangela Albernaz (50 anos), Marilene Marins de Melo Neves (38 anos) e Antônio Rama (67 anos e pai do pastor da igreja).

No momento do atentado, cerca de 20 pessoas participavam de um culto na instituição religiosa. O atirador teria entrado no local alucinado, com falas desconexas, à procura do pastor. O religioso conseguiu fugir pelos fundos da igreja, assim como outros fieis. Já as vítimas acabaram sendo atingidas com tiros na cabeça dentro do templo.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Alexandre dos Santos, as motivações do crime estão sendo investigadas, uma vez que ainda não se tem ciência do que levou Hudson a ter desavenças e a fazer ameaças de morte contra o pastor da igreja.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Últimas notícias

Mais 46 possíveis casos de Covid-19 são descartados nas últimas 24 horas em João Pinheiro

A Secretaria de Saúde de João Pinheiro acaba de divulgar o boletim epidemiológico do Covid-19 atualizado. O número de...

Mulher é agredida a pauladas pela própria amiga por recusar convite para beber em Paracatu

A Polícia Militar de Paracatu foi acionada para comparecer na Rua Oledina Loureiro na noite de ontem (12) para atender a uma ocorrência de...

Polícia Rodoviária Federal apreende mais 5 KG de maconha ao abordar ônibus na BR-365

A Polícia Rodoviária Federal fez mais uma apreensão de drogas em um ônibus que transitava pela BR-365, em Patos de Minas. Os cinco quilos...

Após encher o tanque, homem sai sem pagar e deixa posto de combustíveis no prejuízo em João Pinheiro

O que era para ser um simples abastecimento acabou virando uma dor de cabeça enorme para um frentista do Posto Trevo 2 em João...

Mais 25 possíveis casos de Covid-19 são descartados em João Pinheiro

A Secretaria de Saúde de João Pinheiro acaba de divulgar o boletim epidemiológico do Covid-19 atualizado. O número de casos confirmados chegou a marca...

Artigos relacionados