24.3 C
João Pinheiro
domingo, abril 5, 2020
Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Conta de luz terá bandeira tarifária vermelha em agosto, informa Aneel

Custo extra será de R$ 4 por cada 100 kWh consumidos

Mais comentadas

Torcida cruzeirense de João Pinheiro responde a provocação dos atleticanos com um outdoor no centro da cidade

O ano de 2019 ficou marcado pelo rebaixamento do Cruzeiro Esporte Clube, time mineiro que nunca havia caído para...

Capoeirista é morto a tiros enquanto dava aula em academia no bairro Papagaio em João Pinheiro

A manhã desta quarta-feira pegou muito pinheirenses de surpresa ao ficarem sabendo de um homicídio no bairro Papagaio na...

Polícia prende suspeito de assassinar capoeirista Paulo Munha

A Polícia Civil de João Pinheiro prendeu na manhã desta quinta-feira (10), Diogo Gomes, de 34 anos, suspeito de...

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, hoje (26), que a bandeira tarifária para o mês de agosto será a vermelha, no patamar 1, onde há uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho, a cobrança foi da bandeira tarifária amarela, quando há um acréscimo de para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos.

De acordo com a agência, a medida foi tomada pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão, a diminuição do volume de chuvas, com a chegada da estação seca.

“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios”, disse a Aneel.

De acordo com a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. A bandeira amarela passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos, a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2 passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos.

A bandeira verde não tem cobrança extra.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

Anúncios

Deixe um comentário

avatar
Anúncios

Últimas notícias

PF cumpre mandado de busca e apreensão em caso de grupo preso com aviões em João Pinheiro

Um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal de Paracatu, no Noroeste do estado, foi cumprido pela...

Benefício de R$ 600 começa a ser pago na semana que vem, afirma Ministro da Cidadania

O auxílio emergencial de R$ 600 para informais vai começar a ser pago na próxima quinta-feira (9), afirmou nesta sexta (3) o ministro da...

Farmavida Papagaio esclarece FakeNews divulgada em redes sociais de João Pinheiro

A Farmavida do bairro Papagaio, que entrará de plantão neste próximo sábado (04), foi vítima de uma Fake News na tarde desta sexta-feira (03)....

Mais dois casos suspeitos que aguardavam o resultado dos exames dão negativo em João Pinheiro

O boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde de João Pinheiro de hoje (03) mostra que mais dois dos casos que aguardavam o resultado...

Desconfiado de sumiço de gado, proprietário reúne animais e descobre furto em João Pinheiro

A esposa do proprietário foi quem compareceu ao quartel da Polícia Militar para registrar a ocorrência na última quarta-feira. Segundo ela, seu esposo, desconfiado de...
Anúncios

Artigos relacionados

Anúncios