Coronavírus em BH: mulher é internada com suspeita da doença no Barreiro

Paciente com suspeita de coronavírus deu entrada no Risoleta Tolentino Neves e foi transferida, nesta quarta-feira, para o Hospital Dr. Célio de Castro, no Barreiro

4

Uma mulher com sintoma semelhante ao do novo coronavírus deu entrada no Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Belo Horizonte, nessa terça-feira (25). Internada, a paciente foi transferida para o Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, na região do Barreiro, ainda na manhã desta quarta-feira (26), conforme informou a assessoria do Risoleta Neves.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

A paciente, uma mulher cuja idade permanece desconhecida, chegou ao primeiro hospital com relatos de dor de garganta. Ela declarou ter retornado há pouco ao Brasil após viagem por Tailândia, Vietnã e Cingapura.

Apesar da mulher não apresentar nenhum outro sintoma, a unidade de saúde seguiu a recomendação do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de Belo Horizonte (CIEVS-BH) e a internou em leito de isolamento. Com isso, ela é atendida como um caso suspeito do novo coronavírus (covid-19).

Questionada, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) ainda não declarou se já foi notificada a respeito do caso suspeito. O órgão estadual alegou que os responsáveis pela área técnica atualizarão as informações do boletim sobre o coronavírus nas próximas horas, a expectativa é que um novo documento seja publicado ao longo da tarde.

Primeiro caso no Brasil

Um homem de 61 anos é o primeiro caso de um morador do Brasil com coronavírus, não apenas o primeiro no país, como também o primeiro caso da doença em toda a América Latina.

Os primeiros exames do paciente, que deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, confirmaram a presença do vírus em seu organismo. A contraprova corroborou os resultados do primeiro exame e este tornou-se o primeiro caso confirmado da doença no Brasil – a confirmação, aliás, veio do próprio Ministério da Saúde, em coletiva na manhã desta quarta-feira.

O paciente viajou para a Itália – um dos países com mais pessoas afetadas pelo coronavírus – e retornou ao Brasil na última sexta-feira (21). Logo em seguida, ele apresentou os primeiros sintomas.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

4
Deixe um comentário

avatar
3 Comentar tópicos
1 Respostas do Tópico
0 Seguidoras
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
4 Autores de comentários
A favor da pmSempreBaby boySol Autores de comentários
mais novos mais antigo mais votado
Sol
Visitante
Sol

o que mais indigna e saber que geral foi pular carnaval, tem que morrer tudo esse povo
brasil como sempre atrasado populacao sem cabeça tudo sem cerebro… mds

Baby boy
Visitante
Baby boy

Verdade mesmo. So acho qie deveriam ter proibido o carnaval

Sempre
Visitante
Sempre

Daqui a pouco aparece alguém falando que é culpa do Bolsonaro ou do PT.

A favor da pm
Visitante
A favor da pm

3 navios xegou no brasil lotado de gente de todo quanto é lugar gente la do carai dos infernos entrou no brasil de boa traz a doença e pronto .Brasil sem lei o egoísmo é de mais so pensa no dinheiro. Nao deveria ter deixado esse Carnaval acontecer.