Empresário e sanitarista são presos por fabricarem álcool em gel adulterado

Homens aproveitaram a busca pelo produto para vender composto falsificado em Campo Grande

0

Dois homens foram presos suspeitos de fabricar álcool em gel adulterado em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. A dupla não possui autorização da  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fabricar o produto.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

De acordo com a Polícia Civil, o empresário, de 44 anos, e o sanitarista ambiental, de 43, estariam se aproveitando da grande procura pelo produto devido à pandemia do coronavírus.

O empresário, que possui uma fábrica de produtos de limpeza, já havia distribuído o produto irregular para estabelecimento e ainda falsificou uma autorização da Anvisa.

Na fábrica, foram encontrados cerca de mil litros de álcool puro, 98%, combustível estocado sem autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP). A fábrica foi imediatamente interditada até que seja regularizada.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

avatar