22.4 C
João Pinheiro
domingo, abril 5, 2020
Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Mais um caso de violência doméstica em João Pinheiro; agressor segue fazendo ameaças à vítima

Pesquisa divulgada ontem mostra que em 2018 mais de 500 mulheres foram agredidas por hora no Brasil

Mais comentadas

Torcida cruzeirense de João Pinheiro responde a provocação dos atleticanos com um outdoor no centro da cidade

O ano de 2019 ficou marcado pelo rebaixamento do Cruzeiro Esporte Clube, time mineiro que nunca havia caído para...

Capoeirista é morto a tiros enquanto dava aula em academia no bairro Papagaio em João Pinheiro

A manhã desta quarta-feira pegou muito pinheirenses de surpresa ao ficarem sabendo de um homicídio no bairro Papagaio na...

Polícia prende suspeito de assassinar capoeirista Paulo Munha

A Polícia Civil de João Pinheiro prendeu na manhã desta quinta-feira (10), Diogo Gomes, de 34 anos, suspeito de...

Após ser denunciado por violência doméstica e familiar contra uma mulher de 43 anos, a Justiça em João Pinheiro determinou sanções contra Euripedes Nogueira de Oliveira.

Ele está proibido de ficar a menos de 300 metros da vítima e de sua residência e não pode manter contato com a ex-companheira por qualquer meio de comunicação. O descumprimento pode levar a dois anos de detenção.

Entretanto, informações obtidas pelo JP Agora dão conta de que ele segue desafiando a Justiça e também as forças policiais. Segundo um boletim de ocorrências registrado no último dia 24 de fevereiro, o agressor tem feito constantes ameaças por telefone contra sua ex-namorada. Em relato aos policiais, a mulher disse que constantemente recebe ameaças de morte por diversos números de telefone.

As medidas protetivas, determinadas pelo juiz Rodrigo Martins Faria conforme preceitua a Lei 11340/2006, conhecida popularmente como Lei Maria da Penha, visam a resguardar a integridade física e psicológica da vítima.

Os números da violência

Dados de uma pesquisa divulgados nessa terça-feira (26) mostram que, a cada hora, mais de 500 mulheres foram agredidas no ano passado.

Ao todo, 16 milhões de mulheres sofreram violência, sendo a maioria delas (76%) por seus próprios companheiros, familiares ou outros conhecidos.

Anúncios

Deixe um comentário

avatar
Anúncios

Últimas notícias

PF cumpre mandado de busca e apreensão em caso de grupo preso com aviões em João Pinheiro

Um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal de Paracatu, no Noroeste do estado, foi cumprido pela...

Benefício de R$ 600 começa a ser pago na semana que vem, afirma Ministro da Cidadania

O auxílio emergencial de R$ 600 para informais vai começar a ser pago na próxima quinta-feira (9), afirmou nesta sexta (3) o ministro da...

Farmavida Papagaio esclarece FakeNews divulgada em redes sociais de João Pinheiro

A Farmavida do bairro Papagaio, que entrará de plantão neste próximo sábado (04), foi vítima de uma Fake News na tarde desta sexta-feira (03)....

Mais dois casos suspeitos que aguardavam o resultado dos exames dão negativo em João Pinheiro

O boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde de João Pinheiro de hoje (03) mostra que mais dois dos casos que aguardavam o resultado...

Desconfiado de sumiço de gado, proprietário reúne animais e descobre furto em João Pinheiro

A esposa do proprietário foi quem compareceu ao quartel da Polícia Militar para registrar a ocorrência na última quarta-feira. Segundo ela, seu esposo, desconfiado de...
Anúncios

Artigos relacionados

Anúncios