Asa Branca, maior locutor de rodeios do Brasil, morre aos 57 anos em SP

Asa Branca foi internado na tarde do dia 25 e, segundo a esposa, Sandra Santos, os médicos disseram que nada poderia melhorar o quadro do locutor

1
Foto - Reprodução

O locutor Asa Branca, conhecido por revolucionar a narração de rodeios no Brasil na década de 1990, morreu na tarde deste terça-feira (4). Aos 57 anos, ele estava internado no Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp) e morreu em decorrência de complicações de um câncer na mandíbula.

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios

Asa Branca foi internado na tarde do dia 25 e, segundo a esposa, Sandra Santos, os médicos disseram que nada poderia melhorar o quadro do locutor. Além do estado avançado do câncer, Asa Branca também era HIV positivo.

“É com muito pesar que informo a todos o falecimento do nosso querido Waldemar Ruy Asa Branca dos Santos. Em breve, mais informações”, informa a nota publicada no perfil oficial do Instagram de Asa Branca, administrado por amigos e familiares.

 

Ver essa foto no Instagram

 

@sandra_asa_branca @haroldo1914

Uma publicação compartilhada por Ruy Asa Branca (@asabrancaoficial) em

Anúncios
Anúncios
Anúncios
Anúncios
FONTEJornal de Brasília

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidoras
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
1 Autores de comentários
Galo Doído/ Marcelo Autores de comentários
mais novos mais antigo mais votado
Galo Doído/ Marcelo
Visitante
Galo Doído/ Marcelo

Descansou estava em estado vegetativo por conta da doença, que Deus receba em seus braços.